Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/hostf867/HOSTS/oswaldocruzveterinaria.com.br/oc/libraries/cms/application/cms.php on line 464

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/hostf867/HOSTS/oswaldocruzveterinaria.com.br/oc/libraries/cms/application/cms.php on line 464
Intoxicação de gatos com o uso de paracetamol - Oswaldo Cruz - Centro Veterinário

Intoxicação de gatos com o uso de paracetamol

gato pilula1

O Paracetamol é uma medicação bastante utilizada no nosso cotidiano. Por não ser uma medicação controlada, é muito comum termos em casa e, por ser bem tolerada nos humanos, muitas pessoas acabam oferecendo aos seu gatos quando estes apresentam algum quadro de dor ou febre.

 

O Paracetamol pode levar o gato à morte 


A maioria das espécies possui uma enzima chamada glicuronil-transferase, que, ao se ligar ao Paracetamol, produz metabólitos não tóxicos. Os gatos, quando comparados com os cães e humanos, possuem baixos níveis dessa enzima, o que leva à produção de um metabólito tóxico.

Esse metabólito leva à necrose do fígado e a alterações na hemoglobina, que são proteínas presentes nas células vermelhas do sangue, responsáveis pelo transporte de oxigênio até os tecidos.

Os sinais clínicos mais comuns na intoxicação de gatos por Paracetamol são: gato pilula1

  • anemia, icterícia (mucosas amareladas),
  • hematúria (sangue na urina),
  • dificuldade para respirar,
  • cianose (língua roxa),
  • inchaço no rosto e patas,
  • salivação excessiva,
  • apatia,
  • hipotermia (queda da temperatura corporal) e
  • vômito.

 

 

Fique atento!
Esses sinais podem aparecer cerca de 4 a 12 horas após a administração do Paracetamol.

O tratamento inclui o uso de medicamentos intravenosos que ajudam a metabolizar o paracetamol em metabólitos não tóxicos e será instituído dependendo do estado geral do paciente, do tempo decorrido desde a intoxicação até os primeiros socorros e da quantidade de medicamento ingerido. Dependendo da evolução do quadro e da extensão da necrose do fígado, o tratamento pode ser ineficaz.

Os gatos, por apresentarem particularidades fisiológicas no metabolismo de alguns medicamentos, são muito suscetíveis à intoxicação medicamentosa.

 

Por tanto, jamais medique seu gato sem a prescrição de um médico veterinário.

Oswaldo Cruz - Centro Veterinário
(12) 3922-3051
Rua República do Líbano, 520 Jd. Oswaldo Cruz - São José dos Campos - SP